Tecnologia

10 tecnologias importantes das quais você nunca ouviu falar – RAM não-volátil

Este é o 6º artigo da série “10 tecnologias importantes das quais você nunca ouviu falar“.
RAM não-volátil – Seus bolsos têm o mesmo tamanho, mas a capacidade de armazenamento deles aumenta constantemente. Isso te parece estranho?
Em 1956, as primeiras unidades de disco da IBM usavam discos com 60 centímetros de comprimento. É difícil acreditar que unidades de disco em escalas micro usam essencialmente a mesma tecnologia.
Avanços como a descoberta de resistência magnética e a invenção de cabeças de gravação perpendiculares produziram resultados surpreendentes.
De 1990 a 2005, unidades de disco rígido magnéticas aumentaram suas capacidades de armazenamento inúmeras vezes, deixando até a lei de Moore passar vergonha.
Mas mesmo com essa evolução, unidades de disco rígido enfrentaram desafios quando se depararam com dispositivos portáteis. Elas eram muito grandes e frágeis para a maioria dos gadgets. Então surgiram os discos sólidos baseados em RAM não volátil. A tecnologia tem sido usada para armazenamento desde 1970, mas era muito cara até que os processos de fabricação foram barateados pela demanda.
Ela hoje está por toda parte: em tocadores de MP3, câmeras digitais, celulares e laptops. As fabricantes não estão satisfeitas, entretanto. Tecnologias como a de “memória racetrack” poderiam produzir dispositivos de armazenamento ainda menores, mais rápidos e confiáveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.