Tecnologia

6 programas gratuitos que podem substituir o Office – Kexi

Este é o 5º artigo da série “6 programas gratuitos que podem substituir o Office“.
Kexi
O Kexi é um matador de grosso calibre para o Microsoft Access. Ele tem uma pequena desvantagem: no Windows, existe um limite de colunas e tabelas que se pode criar (pelo menos até o Kexi recuperar seus custos de desenvolvimento).
Se for possível viver com essa restrição e não se importar em trabalhar sem suporte técnico nem manual, caia nos braços do Kexi (ou mude para as versões Linux ou FreeBSD, que são ilimitadas).

Alternativa: pagar 50 dólares para destravar as limitações no ambiente Windows e obter suporte. Se lhe parece muito, lembre-se que o Access custa 300 dólares no varejo.
O Kexi vale a pena, principalmente se você precisa enfatizar visuais em banco de dados. Em minutos, você pode criar uma base de dados relacional com toda a flexibilidade e versatilidade do Access, mas com muito mais facilidade.
Como no Access, o Kexi cria a estrutura do banco de dados em uma série de tabelas – mas sem as complicações que o produto da Microsoft impõe, pedindo para definir muito mais coisas do que se precisa.

Um recurso bacana: o Kexi armazena tudo – das tabelas às queries e formulários – no banco de dados, de maneira que você possa mover ou compartilhar as informações e design movendo um simples arquivo.
Pode-se usar o Kexi em modo stand alone ou conectado a um banco de dados relacional SQL. É possível estourar suas capacidades, mesmo nas versões completas, se oprtar por aumentar a complexidade de seu design. Ainda assim, o Kexi continua uma excelente alternativa ao Access.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.