Tecnologia

Acesso livre a sites pornô

O Brasil é o líder mundial de acessos a sites de pornografia.
Foi o que revelou uma pesquisa encomendada pela Symantec, sobre os hábitos de mais de sete mil internautas em oito países.
A pesquisa mostrou que 55% dos internautas brasileiros visitam sites pornô quando estão online. Os chineses aparecem em segundo na listagem, com 51%.
Os britânicos e alemães, com 35%, são supostamente os que menos procuram sexo pela internet. O estudo investigou os costumes de 4.687 adultos e 2.717 crianças nos Estados Unidos, Grã-Bretanha, Austrália, Alemanha, França, Brasil, China e Japão.
O relatório ainda traz informações sobre como os brasileiros consideram relacionamentos pela rede. Mais de três quartos dos entrevistados adultos (77%) disseram ter feito amizades pela internet.

60% disseram que gostam tanto ou mais “dos amigos online”, o maior índice entre os países pesquisados. 

As crianças brasileiras seguem a tendência, com 74% dos entrevistados relatando que cultivam amizades pela rede. O índice é menor apenas do que o da China (88%).
O estudo nos permite entender melhor os hábitos tecnológicos do usuários e como a era da internet está moldando a paisagem cultural global. Mas fica a questão:Se metade dos internautas brasileiros fazem sexo pela internet (com ou sem webcam) e 77% preferem os amigos virtuais, o que faz o restante? Jogam Counter Strike?

0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.