Tecnologia

Dá pra transformar fita cassete e disco de vinil em CD?

A Melanie Valle, do Rio de Janeiro quer saber se é possível transformar fitas cassete e discos de vinil em CD. Acho que você também já se perguntou isso, não é?
Bom, com alguma paciência e um gravador, é possível transformar e gravar suas músicas de discos e fitas antigos em CDs, com certeza. A principal vantagem desse processo são os efeitos digitais: há programas que permitem retocar o som dos LPs e das fitas, eliminando aqueles velhos ruídos dos LPs.
Primeiro, observe o painel traseiro do seu aparelho de som e localize as saídas de áudio, geralmente identificadas como Rec Out: são dois conectores RCA comuns (um para cada canal de som). Em seguida encontre, na placa de som do PC, a entrada de áudio que costuma ser identificada como Line In.
Para ligar o aparelho de som ao PC, você vai precisar de um cabo especial, com duas pontas RCA de um lado e um plugue estéreo pequeno do outro. Ele custa aproximadamente R$ 5 reais e pode ser encontrado em lojas de eletrônica.
Se o seu equipamento não tiver conectores Rec Out, é possível fazer a ligação usando a saída para fones de ouvido e um cabo com plugues estéreo nas duas pontas. Nesse caso, é importante reduzir o volume do aparelho de som para evitar que a placa de som do PC seja sobrecarregada, já que isso pode causar distorções.
Depois de conectar entradas e saídas, você vai precisar de um software para fazer a gravação.
Um dos melhores é o GoldWave, que custa US$ 40, mas pode ser experimentado gratuitamente.
Com o programa aberto, clique em File e em New para criar um arquivo. No campo Length, não se esqueça de ajustar a duração do arquivo conforme o tamanho do LP ou fita que você deseja copiar (geralmente, um vinil tem de 20 a 25 minutos por lado, e as fitas, 30 minutos).
Na janela Device Controls, clique em Properties (o botão fica abaixo do botão de gravação) e selecione a guia Record. Assinale o item Monitor, clique em OK e toque o LP ou a fita no aparelho de som.
Observe os medidores e clique em Tools/Volume Control para abrir o controle de volume do Windows.
Ajuste o nível de gravação para que os medidores nunca cheguem ao máximo: se isso acontecer, a qualidade sonora será prejudicada.

Caso os medidores não indiquem nenhum som, verifique se a entrada correta (geralmente Line In) não está muda no controle de volume do Windows.

Grave as músicas clicando em Rec e repita o processo quantas vezes necessário. Isso porque, para que você possa pular faixas quando estiver ouvindo o CD, convém separar cada música em um arquivo. Mas o GoldWave simplifica a tarefa, caso você queira gravar um lado inteiro do LP ou fita de uma vez: como o som é representado graficamente, os intervalos entre as músicas são facilmente identificáveis.
Caso necessário, elimine (ou reduza) os ruídos clicando em Effects, Filter e Pop/Click. Também é possível diminuir eventuais chiados que prejudiquem a qualidade sonora: clique em Effects, Filter e Noise reduction.
Dica: Use os filtros nos ajustes mínimos: correções exageradas podem acabar piorando a qualidade sonora. Para obter resultados satisfatórios, também é recomendável ter uma placa de som de boa qualidade (alguns modelos on board são ruins).
Com os arquivos prontos, basta salvá-los no formato MP3 ou WAV e transferi-los para um CD usando um programa como o Nero ou o Real.

0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.