Tecnologia

Portabilidade numérica para fixo e celular a partir de agosto

Em pouco mais de 5 meses, sete regiões do país passarão a dispor de portabilidade numérica fixa e móvel.
A partir de então, o usuário passa a ser dono de seu número telefônico, independente da operadora que utilize. A regra foi aprovada há um ano pela Anatel.
As primeiras regiões beneficiadas pela tecnologia terão o recurso implementado em agosto deste ano.
Calendário
O cronograma da agência determina que a função esteja disponível em agosto, de acordo com as áreas e códigos DDD:

  • regiões de DDD 14 e 17, no interior de São Paulo
  • 27, no Espírito Santo
  • 37, em Minas Gerais
  • 43, no Paraná
  • 62, em Goiás
  • 67, no Mato Grosso do Sul
  • 86, no Piauí.

Conforme publiquei aqui no blog em setembro de 2007, a data limite para que todo o Brasil disponha de portabilidade é março de 2009, dois anos após a aprovação da lei.
Segundo a Anatel, o prazo alargado visa permitir às teles adaptação gradual à tecnologia, sem atropelos que gerem instabilidades nos sistemas de telecomunicações do país.
A medida deverá gerar maior competição entre as teles, já que atualmente muitos usuários evitam mudar de operadora para não perder um número que já divulgaram bastante. O usuário terá o direito de manter seu número (fixo ou móvel) se mudar de operadora ou endereço dentro de uma mesma área DDD.
Assim, quem se muda da zona Sul de uma cidade para a zona Norte, por exemplo, pode manter seu número, mesmo que mude também de operadora fixa.
Já quem se mudar do Rio para São Paulo, por exemplo (mudou de DDD 21 para 11) não tem direito à portabilidade.
Clique aqui para ver o cronograma completo e os códigos de áreas onde será ativada a Portabilidade Numérica.

0 Comments

  1. tenho um fixo Tim e gostaria de transferir para um Livre da Embratel, como seria esta transferencia ?, por acaso existe chips da Embratel?
    Grato

Deixe um comentário para Quirino Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.