Por que não posso o celular em aviões e hospitais?

Por | Em 15 de novembro de 2010 | Categoria: Perguntas frequentes | Deixe seu Comentário

A maioria das pessoas percebe a interferência eletromagnética com uma certa freqüência.

Por exemplo:

• se eu colocar meu telefone celular embaixo da minha mesa próximo ao computador, eu consigo ouvir a interferência na caixa de som do computador toda vez que o telefone fica ativo. Do mesmo modo, o toca-fitas do meu carro faz essa interferência quando eu faço uma chamada com meu celular;

• quando eu digito um número no meu telefone sem fio de casa, eu consigo ouvir o número discado pela babá eletrônica;

• não é raro passar um caminhão com seu rádio CB dando interferência na rádio FM que escuto;

• quase todos já viram motores que interferem no rádio ou na TV.

Tecnicamente, nenhuma dessas coisas deveria acontecer. Por exemplo, um rádio CB de caminhão não faz transmissão para faixas de rádio FM, então meu rádio jamais deveria ouvir sinais CB. No entanto, todos os transmissores têm uma certa tendência de transmitir com menos força em bandas harmônicas, e é assim que o rádio FM pega o CB. O mesmo acontece com o telefone sem fio em linha cruzada com a babá eletrônica. No caso do celular que afeta os caixas de som do computador, o fio de cada caixa age como uma antena, e pega as bandas laterais de alcance audível.

Esses problemas não são tão graves, apenas incômodos. Mas note como são comuns. Em um avião, esse mesmo fenômeno pode causar um grande problema.

O avião tem muitos rádios com funções variadas. Existe um rádio que os pilotos usam para conversar com o controle de aterrisagem e com o controle de tráfego aéreo (CTA). Existe um outro que o avião usa para informar sua posição aos computadores do CTA. Existem unidades de radar usadas para dar orientação, informações sobre o clima, e por aí vai. Foto com celular - Limpe a lenteTodos esses rádios transmitem e recebem informações em freqüências específicas. Se alguém resolvesse ligar um celular, ele transmitiria com uma grande quantidade de força (até 3 watts).

Se acontecer da interferência encobrir as freqüências de rádio usadas pelo avião, as mensagens entre as pessoas ou computadores podem ser deturpadas. Se um dos fios do avião tiver a proteção danificada, existe uma possibilidade do fio pegar sinais de telefone do mesmo jeito que as caixas de som do computador fazem. Isso poderia criar mensagens errôneas entre partes do equipamento do avião.

Muitos hospitais instalaram redes sem fio para seus equipamentos. Por exemplo, veja a figura do monitor cardíaco em Como funcionam os pronto-socorros. A antena preta que sai da parte de cima do monitor o conecta de volta ao setor de enfermagem via rede sem fio. Se você usar seu celular e ele criar interferência, ele pode romper as transmissões entre peças diferentes do equipamento. Isso acontece mesmo que você esteja apenas com o celular ligado, o celular e a torre fazem contato a todo o momento, e o seu telefone manda uma enorme quantidade de dados a cada transmissão.

A proibição de laptops e toca CDs durante a decolagem e aterrisagem tem relação com o mesmo problema, mas a preocupação aqui é do tipo “melhor prevenir do que remediar”. Um laptop mal protegido poderia, teoricamente, criar um problema.


Tags: , , ,

Arquivado na Categoria: Perguntas frequentes

Sobre o Autor ()

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado