Tecnologia

“-Trabalho com tecnologia mas ninguém sabe o que faço”

Trabalhar com tecnologia é viver em um mundo à parte. As nossas referências quase nunca são entendidas e um dia você vai descobrir que nem sua mãe sabe o que você faz: “O Ricardo mexe no computador”.
Não adianta dizer para quem não é da área: “eu crio software” ou “trabalho com redes”. O primeiro ninguém sabe o que é, o segundo, então, nem quem trabalha na área consegue definir as funções.
“Mas o que é software?”, “Programas de computador, tipo o Windows? Como você vai concorrer com o Bill Gates?”, “Aplicativo de internet seria o Internet Explorer?”, “Business Inteligence? Que diabos é isso?.”
Semana passada descobri que a metade dos meus amigos e amigas que não trabalham na área não sabiam do que eu estava falando. Como cheguei à conclusão? Depois de uns 15 minutos explicando, uma amiga pergunta: “Só não entendi o que é TI, o que significa”.
Os setores de uma empresa são fáceis de ser compreendidos pela maioria dos mortais sem necessidade de explicação: Administrativo, Financeiro, Contabilidade, Tesouraria, Recursos Humanos (RH), Suporte, Infra, Engenharia. Agora mencione Tecnologia da Informação (TI) e garanto que a vasta maioria não vai saber direito o que esse povo faz. A única certeza é que é a área perfeita para achar garotos de programa: quem nunca ouviu essa piadinha, levante o mouse.
O jargão de tecnologia é uma sopa de letras interminável tão misterioso para o leigo quanto o jargão médico.

Fiz um flash no firmware da BIOS, mas resetou a CMOS e tive que refazer o setup.

Tem noção de como essa frase é assustadora? E se você disser que “Lembra da Voodoo com vários demos? Muito bom.” Essa última aconteceu de verdade, no metrô, com uma senhora dizendo para os dois rapazes que eles precisavam de Jesus no coração, antes de sair assustada do vagão.
Programadores são, talvez, os mais incompreendidos, já que eles não morrem, abendam. Não tem problemas de saúde, mas “exceptions” e já vi gente se referindo ao próprio sistema imunológico como o “catch com tratamento de exceção bem feito”. É como dizem, só existem 2 tipos de pessoa no mundo, as que entendem TI e as que não entendem.
Por Ricardo Bicalho | via Claudia Valença

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.